quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Acabei a minha relação com o Álcool

Desta foi de vez, abandonei-o. The Final Cut.
Bem depois de uns anos a apanhar umas mocas valentes decidi abandonar esse malandro que tanto me acompanhou.
Passo a relatar. Nunca vos disse, mas desde os meus tempos de estudante em Coimbra que ora em vez pu secalhar mais vez em hora apanhava umas mantas valentes. De algumas guardo boas memórias mas também houve casos em que a coisa deu para o torto.
Uma vez,por exemplo tentei manter-me em pé para entrar na discoteca mas o estado era de tal forma grave que mal entrei fiquei especado no meio da pista e não sei nem como nem quem me levou para casa. Outra, dormi à porta de casa porque não encontrava a campainha para não falar das vezes que esmorrei o carro na entrada de casa mas penso que foi o portão que se encolheu ou o carro alargou, eheheh
E prontos já tinha tentado deixar o desgraçado duas vezes mas acabei por cair sempre na tentação, até que tive a passagem de ano mais tortuosa da minha vida. Senão vejamos: estava tudo a correr bem quando me dei no meio de uma confusão de pancada...eu que até sou bastante calmo. Mas ando anormalmente nervoso, foram muitas mudanças, e por vezes pensamos que o raio do alcaro nos faz esquecer os problemas e não, apenas se ocultam momentaneamente. Mas olhem estou envergonhado e desiludido comigo mesmo porque eu não sou assim. Deixei-me descontrolar e desiludi-vos também, mas já prometi a mim mesmo que foi o ponto final.
Afinal um Homem quando luta consegue sempre o que quer.
Grande abraço

2 comentários:

Rui disse...

Depois de uma relação de tantos anos,em que passaram por tanto chega ao fim,mas enfim,se estas bem eu também estou!!! Vai me custar ver-te a beber Joi de Maracujá!!! Grande Abraço.

Pedro campos disse...

bahahhaah!!!
não digas asneiras....
afinal de contas, a água é boa mas o vinho...(tu sabes)!!!!
abraço